Pesquisar neste blog

sábado, 4 de dezembro de 2010

Ora-pro-nobis a carne dos pobres



Ora-pro-nobis é um vegetal rico em ferro e ajuda a curar anemias das mais graves. Recentemente pesquisas revelaram que as propriedades da Pereskia aculeata ajuda no tratamento do câncer. Possui 25,4% de proteinas, sendo conhecido como "carne dos pobres" e vitaminas A, B e C bem como, além do ferro, minerais como cálcio e fósforo.

Usa-se as folhas em pratos culinários ou como erva de tempero, como o orégano, em forma de folha seca e moída. Também pode ser usada no preparo da farinha múltipla, complemento nutricional no combate à fome. Ainda há o emprego para a produção de mel.

O ora-pro-nois não deve ser confundido com a grandiflora ou a bleo que têm flores rosa que é muito comum no Brasil. São difíceis de serem diferenciadas sem a florada. Apesar de ser encontrado em diversos Estados do Brasil e em países como Azerbaijão, Cazaquistão e Usbequistão, somente em algumas localidades de Minas Gerais atingiu o status de ingrediente culinário, onde é refogado com vários tipos de carnes e empregado em ensopados.

Na cidade de Sabará existe o Festival do Ora-pro-nobis, onde é comum utilizar a cactácea para pratos culinários. Foi em sabará que surgiu o nome da planta - Ora-pro-nobis. Diz a lenda, que os fiéis colhiam a planta enquanto o pároco da igreja rezava a ladainha e os fiéis respondiam Ora-pro-nobis.

Servido em muitos bares e restaurantes, o Ora-pro-nobis alcançou status nas cozinhas de grandes gourmets nacionais e internacionais, conforme publicação em 14 de junho de 2001 no Jornal Folha de Sao Paulo - Proteína verde das Gerais e no Jornal Estado de Minas - Cultivo do ora-pro-nóbis - em 18 de agosto de 2008.

Por serem de fácil digestão, as folhas da planta podem ser usadas de diversas formas. Uma boa alternativa é triturá-las com água no liquidificador e juntar à massa do pão, acrescentando ao alimento mais nutrientes e uma atraente cor verde. O mesmo pode ser feito com a massa de macarrão. As folhas podem também enriquecer saladas, refogados, sopas, omeletes, tortas ou mesmo dar mais riqueza ao nosso velho arroz-com-feijão.

Ora-pro-nobis (Pereskia aculeata) do latim "rogai por nós", é um cacto trepadeira com folhas comestíveis. O caule tem espinhos aparentes e pode ser usada em cercas-vivas, se desenvolvendo bem tanto na sombra como no sol. A propagação se dá por estacas e não exige muitos cuidados, sendo de fácil cultivo, inclusive caseiro. O nome científico é uma homenagem ao cientista francês Nicolas Claude Fabri de Pereisc e o termo aculeata vem do latim e significa espinho em forma de agulha.

O cultivo mecanizado e o processamento industrial do ora-pro-nobis poderiam representar uma revolução nos recursos alimentícios da humanidade. No entanto, essa planta é pouco conhecida. Ela poderia integrar planos de governo na recuperação de áreas degradadas e no combate à fome, mas não há interesse político. Assim, enquanto o ora-pro-nobis não desperta interesse no plano governamental, o cultivo doméstico pode representar o primeiro passo para a abertura de uma nova alternativa para as regiões áridas.

Um comentário:

Joedilza Teixeira disse...

Olá! Alguém sabe me dizer se pela região do Nordeste a gente pode achar essa planta?